12 passos para um novo Emprego




Planear o caminho para um novo emprego é a melhor estratégia para garantir o sucesso profissional, independentemente da fase de carreira em que se encontra. Apesar de poder seguir diferentes percursos para o objectivo final, existe uma abordagem comum e uma série de passos que se repetem em qualquer processo de recrutamento e selecção. Para o ajudar a conseguir este objectivo reunimos, passo a passo, as orientações necessárias para o seu novo emprego:

1 – Procurar oportunidades
A busca deve ser intensiva e nunca se sabe onde se pode esconder o seu próximo emprego. Sites de Emprego, redes sociais, entre  amigos, a familia, a vizinhança..  todas as fontes poderão servir para eventuais oportunidades de emprego!

 2 – Analisar a oferta de emprego
Após ter seleccionado a oferta de emprego a que se pretende candidatar, leia atentamente a descrição da função e o perfil pretendido pela empresa. Não se limite apenas a olhar para o cargo, procure identificar as principais competências procuradas, assim como palavras-chave utilizadas.

3 – Preparar a candidatura
Procure adaptar o seu CV à oportunidade em questão e faça o mesmo em relação à carta de apresentação. “Fugindo” de modelos padronizados, elabore um CV sucinto, mas completo, que transmita todas as informações que são essenciais para o seleccionador. Mesmo que não tenha sido explicitamente pedido, nunca deixe de enviar o seu CV, pois esta é a base de qualquer candidatura.

4 – Enviar a candidatura
Por regra, hoje em dia o email é o meio preferido para o envio de candidaturas, mas não deixe de seguir as instruções da empresa caso seja referido outro meio preferencial.

5 – Aguardar resposta
 É preciso alguma paciência, e deixar passar algum tempo até procurar saber o estado da sua candidatura. Enquanto algumas empresas optam por dar resposta à medida que vão recebendo as candidaturas, outras optam por contactar os candidatos após terem recebido e analisado todas as candidaturas.

6 – Entrevista telefónica
É cada vez mais comum haver uma triagem de candidatos por telefone, após a análise de CV’s. Esteja preparado para esta possibilidade e, se for apanhado desprevenido ou numa altura menos conveniente, é preferível solicitar que lhe liguem mais tarde.

7 – Entrevista
A entrevista presencial é talvez o momento mais importante do processo de selecção. É importante fazer uma preparação para estar à altura desta ocasião, uma vez que a imagem que transmitir ao entrevistar será decisiva.

8 – Outras provas
Apesar de em muitos casos, o processo de selecção terminar com a entrevista, existem cada vez mais empresas a recorrer a outros métodos de avaliação de candidatos. Entre estes, destacam-se os testes psicotécnicos e as dinâmicas de grupo, que podem ter lugar antes ou depois da entrevista presencial.

9 – Enviar carta de agradecimento
Pequeno gesto ainda pouco comum no nosso país, mas que marca a diferença em relação a outros candidatos. Para além de deixar uma boa impressão ao seleccionador, vai fazê-lo “voltar a olhar” para a sua candidatura...

10 – Aguardar resposta
Mais uma vez, é preciso alguma paciência para aguardar resposta da empresa. Caso não tenha sido referido na entrevista qual o tempo previsto para uma resposta, dê um prazo razoável até contactar a empresa para procurar saber o ponto da situação, a não ser que tenha sido claramente informado que só seriam contactados os candidatos escolhidos.

11, hipótese A – Lidar com a rejeição
Caso tenha recebido uma resposta negativa, não desanime. Tente perceber o que correu mal e o que poderia ter corrido melhor em cada uma das fases anteriores, e procure aplicar essa experiência a uma próxima candidatura.
11, hipótese B – Ponderar proposta
Se a empresa deu uma resposta positiva, é altura de ponderar sobre as condições que lhe são oferecidas. Especialmente se já estiver empregado, é importante medir os prós e os contras duma possível mudança, para tentar perceber se esta corresponderia efectivamente a uma mais valia para a sua carreira. É verdade que estamos em tempo de crise, mas não é inevitável aceitar a primeira proposta que lhe for feita, especialmente se a achar realmente desadequada.

12 – Dar o seu melhor!
Seja a desempenhar as suas novas funções seja a reiniciar o processo de procura de uma nova oportunidade, o esforço e o empenho colocado naquilo que faz é sempre o passo mais seguro para o sucesso!


Fontes: "net empregos" e "sapo"



1 comentário:
Margarida Rebelo disse...

Parabéns pelo v/ trabalho. Nos tempos que correm é importantissimo o trabalho que estão a desenvolver.
Eu também procuro emprego/trabalho e/ou novos projectos há 2 anos, sei valorizar o v/ empenho. Obg.
Cumprimentos,
Margarida Rebelo
rebelomargarida7@gmail.com